sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Libreoffice6 no Fedora 27

Uma dica rápida para o pessoal que já quer usar o Libreoffice6 no seu Fedora


Método 1 

Vamos usar uma repo do copr e usar a versão do usuário Itamar

Ative o repo do copr

$ sudo  dnf copr enable itamarjp/libreoffice6

ou

# dnf copr enable itamarjp/libreoffice6


Agora instale o libreoffice6

$ sudo dnf install libreoffice -y

ou

# dnf install libreoffice -y





Método 2

Via site Oficial

Baixe o Libreoffice 6
$ wget http://download.documentfoundation.org/libreoffice/stable/6.0.1/rpm/x86_64/LibreOffice_6.0.1_Linux_x86-64_rpm_langpack_pt-BR.tar.gz

Pacote de tradução

$ wget http://download.documentfoundation.org/libreoffice/stable/6.0.1/rpm/x86_64/LibreOffice_6.0.1_Linux_x86-64_rpm.tar.gz


Descompacta os mesmo

$ tar -zxvf LibreOffice_6.0.1_Linux_x86-64_rpm.tar.gz

$ tar -zxvf LibreOffice_6.0.1_Linux_x86-64_rpm_langpack_pt-BR.tar.gz

Agora vamos instalar o Libreoffice

$ cd LibreOffice_6.0.1.1_Linux_x86-64_rpm

$ cd RPMS

$ sudo dnf install *.rpm

$ cd ..

$ cd ..

$ cd LibreOffice_6.0.1.1_Linux_x86-64_rpm_langpack_pt-BR

$ cd RPMS

$ sudo dnf install *.rpm

Pronto já esta instalado



segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Ansible no Fedora

Ansible é similar ao Puppet e o Chef porém ele não precisa de um cliente/agente;
Sua instalação é muito simples com um linha de comando já instala


$ sudo dnf install ansible -y

ou

# dnf install ansible -y

Feito o Ansible já esta instalado , agora vamos começar a usar o ansible
nesse caso vamos utilizar outro servidor  ( Centos 7 )

Agora no Servidor servidor do Ansible vamos gerar uma chave

 #ssh-keygen -t rsa

Feito isso copie o arquivo para o outro servidor

# scp /root/.ssh/id_rsa.pub 192.168.100.213:/root

No outro servidor adiciona a chave

# cat /root/id_rsa.pub >> /root/.ssh/authorized_keys


Adicionamos o servidor no inventário do ansible no arquivo hosts

# vim /etc/ansible/hosts 

Pode adicionar o nome ou ip  no exemplo estou usando o ip 192.168.100.213

192.168.100.213

Pronto agora no servidor do Ansible vamos efetuar o teste de Ping




Agora vamos criar um playbook para a instalação por exemplo do Apache
em /etc/ansible/roles vamos criar nosso playbook

# vim /etc/ansible/roles/httpd.yaml

 - hosts: 192.168.100.213
  tasks:
    - name: Instalação Apache
      yum: name=httpd state=latest
  
    - name: Ativar na Inicialização
      service: name=httpd enabled=yes

    - name: Iniciar o Serviço
      service: name=httpd state=started



Agora Vamos executar nosso playbook

# ansible-playbook /etc/ansible/roles/httpd.yaml


 Feito em poucos segundos já temos o apace instalado , iniciado , e ativado na inicialização





Guia de referência:  http://docs.ansible.com/





quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Instalando o Gitlab no Centos 7

Dica rápida pra quem quer um servidor GIT interno, o GitLab resolve.

Atualiza o seu CentOS:

# yum update -y

Agora, vamos preparar a instalação:

# yum install curl policycoreutils openssh-server openssh-clients
# systemctl enable sshd
# systemctl start sshd
# yum install postfix
# systemctl enable postfix
# systemctl start postfix
# firewall-cmd --permanent --add-service=http
# systemctl reload firewalld

Instalar o GitLab:

# curl -sS https://packages.gitlab.com/install/repositories/gitlab/gitlab-ce/script.rpm.sh | sudo bash
# yum install gitlab-ce
# gitlab-ctl reconfigure

Feito, está instalado.







 Guia de referência: GitLab

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Minetest no Fedora

Minetest é um jogo de blocos infinitos, inspirado em Minecraft.

É gratuito e Open Source, lançado sob a LGPL 2.1 ou posterior.

Disponível para GNU/Linux, Windows e Mac OS.

Ele já está em desenvolvimento e uso desde outubro de 2010.

Sua instalação é fácil:

$ sudo dnf install minetest -y

ou

# dnf install minetest -y

Pronto já esta intalado só jogar agora


Aqui, temos a Wiki de como construir seus itens:
http://wiki.minetest.net/Crafting

http://www.minetest.net


quarta-feira, 17 de maio de 2017

Gerenciando Docker com cockpit no Fedora

 No Fedora Server o cockpit já vem por padrão , mas uma das utilidade fundamentais nos dias de hoje é o uso para gerenciar containers

Após a instalação do servidor Fedora o próximo passo é instalar o Docker e também o plugin do cockpit para gerenciar o mesmo

  # dnf install docker cockpit-docker docker-compose -y

Inicia o servidor do Docker e ative na inicialização 

 # systemctl start start
 # systemctl enable docker

Depois só logar no cockpite já estara ativa a opção docker ou Containers



Bom sempre utilizamos imagens no docker Hub
e Para Baixar é simples e práticová em "Get new image"


No Exemplo abaixo estou usando o MariaDB

Pesquise a imagem que deseja selecione e click em download


Após o Download já aparece a imagem baixada

só click para iniciar 


Também Podemos iniciar com os parâmentros desejados



Bom Espero que ajude assim como me ajudou

Guia de referencia para essa dica

http://cockpit-project.org/

https://hub.docker.com/




quinta-feira, 27 de abril de 2017

dnfdragora

O dnfdragora é um frontend para o DNF , onde é baseado no rpmdragora para Mageia

Sua instalação é muito simples

$ sudo dnf install dnfdragora dnfdragora-gui -y

ou

# dnf install dnfdragora dnfdragora-gui -y

Pronto já esta instalado e podes usar



Guia de Referencia :

https://github.com/manatools/dnfdragora

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Compilando e instalando o Samba4 no Seu Fedora

Nessa dica estamos usando a Versão do Fedora 25 Server

Primeiramente Vamos atualizar o Seu Fedora

# dnf update -y

Agora Vamos a instalação dos pacotes e dependências para compilação

# dnf install -y vim wget man perl gcc attr python python-devel git  \
               libacl-devel libblkid-devel  gnutls-devel readline-devel \
               python-devel gdb pkgconfig  krb5-workstation zlib-devel \
               setroubleshoot-server libaio-devel  setroubleshoot-plugins \
               policycoreutils-python  libsemanage-python perl-ExtUtils-MakeMaker \
               perl-Parse-Yapp  perl-Test-Base popt-devel libxml2-devel libattr-devel \
               keyutils-libs-devel cups-devel bind-utils libxslt  \
               docbook-style-xsl openldap-devel autoconf pam-devel



Feito Agora vamos baixar o samba de seu repositório Git


# git clone git://git.samba.org/samba.git

Acesse o diretório samba

# cd samba

e iniciamos o processo de compilação

# ./configure

# make

# make install

Remove o krb5.conf

# rm -rf /etc/krb5.conf

e crie um link simbólico

# ln -sf /usr/local/samba/private/krb5.conf /etc/krb5.conf

Pronto o samba 4 já esta instalado em seu Fedora ,Agora só promover o seu servidor Samba4 como Controlador de Domíno com o comando

# /usr/local/samba/bin/samba-tool domain provision


Depois só iniciar o serviço do Samba

# /usr/local/samba/sbin/samba


Guia de Referencia :

https://www.samba.org/